Londrina contratará 179 agentes para atuar no combate à dengue

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

A Prefeitura de Londrina contratará 179 agentes de saúde para atuar no combate à dengue na cidade. A contratação, em regime temportário, está prevista para durar três meses, podendo ser prorrogada por igual período caso haja necessidade.

Gina Mardones/Arquivo Folha

Segundo o prefeito Marcelo Belinati, o processo seletivo faz parte de uma série de medidas que já estão sendo adotadas pela Prefeitura. "A cidade tem um número muito grande de pessoas com suspeita de dengue, que estão sendo atendidas nas unidades de pronto atendimento e intermediárias. Nós já reforçamos as nossas equipes, inclusive nas UPAs, em alguns períodos, colocamos 10 médicos de plantão. Agora, vamos contratar mais profissionais, para conseguirmos dar o atendimento adequado para nossa população, neste período delicado em que o país todo vive em relação à dengue”, ele esclarece.

Estão abertas 75 vagas para Agentes de Endemias, 50 para Auxiliares de Enfermagem, 4 vagas para Técnicos de Análises Clínicas/Patologia e 8 para Enfermeiros. A carga horária de todas as funções é de 30 horas semanais.

A remuneração, para Agente de Endemias, é de R$ 1.761,23; para Auxiliares de Enfermagem, R$ 2.286,90; para Técnicos de Análises Clínicas/Patologia, R$ 2.757,66; e por fim, para Enfermeiros é de R$ 5.687,51.

O Teste Seletivo consistirá unicamente em avaliação de títulos, escolares e profissionais, de caráter classificatório e eliminatório.

As inscrições começaram no sábado (15) e se encerram às 23h59min do dia 20 de fevereiro de 2020, somente via internet, no site da Prefeitura, onde também pode ser consultado o edital.

Conteúdo relacionado: