Mais seis mortes em decorrência da Covid-19 são registradas em Londrina; total de 211

por Redação Bonde
   
Arquivo FOLHA

A secretaria municipal de Saúde divulgou no início da noite desta sexta-feira (11) o registro de mais seis óbitos em decorrência da Covid-19. Esse é o maior número de mortes divulgado em um dia pela prefeitura. Tratam-se de seis homens com idades entre 62 e 86 anos. Os óbitos foram entre os dias 9 e 11 de setembro e todos tinham comorbidades, segundo a Saúde. Com as novas mortes, a cidade acumula 211 registros. Veja os perfis:

Homem, 62 anos, internado em hospital público em 31/08, com swab positivo para coronavírus em 02/09. Evolui a óbito em 10/09. Paciente tinha comorbidades.

Homem, 86 anos, internado em hospital público em 28/08, com swab positivo para coronavírus em 03/09. Evolui a óbito em 09/09. Paciente tinha comorbidades.

Homem, 85 anos, internado em hospital público em 07/09, com swab positivo para coronavírus em 06/09. Evolui a óbito em 10/09. Paciente tinha comorbidades.

Homem, 81 anos, internado em hospital filantrópico em 26/08, com swab positivo para coronavírus em 28/08. Evolui a óbito em 10/09. Paciente tinha comorbidades.

Homem, 68 anos, internado em hospital público em 14/08, com swab positivo para coronavírus em 15/08. Evolui a óbito em 11/09. Paciente tinha comorbidades.

Homem, 65 anos, internado em hospital filantrópico em 24/08, com swab positivo para coronavírus em 25/08. Evolui a óbito em 11/09. Paciente tinha comorbidades.

Nas últimas 24 horas, 126 pacientes foram diagnosticados com a doença, totalizando 7.619 confirmações desde o início da pandemia há seis meses. Também no último dia, a Saúde informou que 333 pacientes se recuperaram. São 7.178 curados na cidade. Londrina está monitorando 231 casos ativos. São 157 em isolamento domiciliar e 74 internados, sendo 39 em UTI e 35 em enfermaria.

A média de confirmação de novos casos de Covid-19 nos últimos sete dias é de 154,9. Até o momento, 41.134 testes padrão-ouro foram realizados no município. São 33.204 descartados, 7.619 confirmados e 311 aguardando exames.

Embora a Saúde esteja monitorando 39 pacientes em UTI Covid e 35 em enfermaria, Londrina também atende pessoas das cidades da região e casos suspeitos da doença.

A taxa de ocupação de leitos em enfermaria SUS é de 53%. Na UTI Geral Adulto da rede privada, 72% dos leitos estão ocupados. Na UTI Pediátrica também da rede privada, a ocupação é de 55%. Na enfermaria Covid SUS, dos 156 leitos, 77 estão ocupados (49%). E UTI Covid Adulto SUS está com 69% dos leitos com pacientes sendo atendidos e UTI Covid Pediátrico SUS, com 7% de ocupação.