Moradora do Apucaraninha morre por Covid-19 em Tamarana

por Redação Bonde com assessoria de imprensa
   
Arquivo FOLHA

Mais um óbito por Covid-19 foi registrado em Tamarana (Região Metropolitana de Londrina). Conforme boletim epidemiológico da secretaria municipal de Saúde divulgado na manhã desta quinta-feira (3), trata-se de moradora da Terra Indígena Apucaraninha. Hospitalizada em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na segunda-feira (31), a mulher de 55 anos faleceu no dia seguinte. Ela possuía comorbidades: diabetes, doença pulmonar, hipertensão e obesidade. O município registra seis mortes de residentes cujo diagnóstico apontou infecção pelo novo coronavírus.

No último dia 29, a Região Metropolitana de Londrina registrou o primeiro óbito de uma gestante causado por complicações em decorrência da Covid-19. A mulher, que estava na 27ª semana de gravidez, também morava na Terra Indígena Apucaraninha.

LEIA MAIS:

Grávida, índia caingangue morre pela Covid-19 no HU

O município apresenta cinco novos casos confirmados nos últimos dois dias. A quantidade acumulada de confirmações desde março de 2020 é de 138. Outros nove tamaranenses se recuperaram do vírus. São cinco pacientes internados.

Conteúdo relacionado: