Saúde de Londrina organiza vacinação contra a gripe para idosos em drive thru

por N.Com
   

A Secretaria Municipal de Saúde de Londrina vai disponibilizar, neste sábado (28), vacinação contra a gripe para os idosos de 69 a 79 anos de duas maneiras no próximo fim de semana. Por agendamento e pelo sistema que está sendo chamado de drive thru.

Em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) - para os que agendarem previamente. O agendamento pode ser feito diretamente no telefone da UBS de sua referência (telefones no final da matéria) ou pelo portal da Prefeitura de Londrina www.londrina.pr.gov.br, em um link que será disponibilizado ainda nesta (24), no final do dia. As UBSs da zona urbana farão a imunização das 8h às 19h, e as da zona rural das 8h às 14h.

Rovena Rosa - Agência Brasil

Ao ligarem ou agendarem pela internet, os idosos poderão escolher um horário, entre os que estiverem disponíveis, para receber a vacinação. Serão agendadas até 15 pessoas a cada 30 minutos para evitar aglomerações. A secretaria solicita que os idosos não cheguem antes do horário agendado, justamente para não haver acúmulo de pessoas desnecessariamente. "Estamos com uma equipe ampla e preparada para vacinar de forma ágil e rápida todos os idosos que buscarem as unidades”, informou o secretário da pasta, Felippe Machado.

O secretário esclareceu que as pessoas podem continuar ligando para as UBSs para fazer o agendamento, mas pediu compreensão, pois as linhas telefônicas podem estar sobrecarregadas, considerando o grande número de ligações. "As nossas equipes estão atentas a esta questão e, por isso, também disponibilizamos o agendamento online”, disse.

Drive Thru

A vacinação em drive thru, ou seja, no carro, vai ocorrer neste sábado (28), das 8h às 19h, também para idosos com idade de 60 a 79 anos, no estacionamento da Igreja Presbiteriana Central, que fica na rua João XXIII, nº 401. Neste caso, não é necessário fazer agendamento. No entanto, é obrigatório levar um documento com foto e é desejável que se leve a Carteira de Vacinação.

Machado frisa que quatros esquipes estarão vacinando os idosos e que o estacionamento da Igreja Presbiteriana foi escolhido por sem bastante amplo. "Todas estas ações que tomamos visam diminuir contato social e aglomerações, para evitar a disseminação do vírus, como orientam os órgãos de saúde do mundo todo. É importante salientar que as equipes que estão visitando os idosos com mais de 80 anos, para fazer a vacinação em casa, são treinadas para fazer a imunização de forma segura e correta e estão usando os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual)”, afirmou.

Idosos com mais de 80 anos

A vacinação para este público iniciou na segunda (23) e prossegue até esta sexta-feira (27). A imunização está sendo feita em domicílio, para evitar que as pessoas mais vulneráveis saiam de suas casas. Neste caso, não é necessário fazer agendamentos pela internet ou telefone, basta aguardar a chegada das equipes.

A vacinação contra a gripe, que normalmente acontece em abril, foi antecipada pelo Ministério da Saúde devido à pandemia do novo coronavírus. Nesta primeira etapa, além dos idosos, os profissionais de saúde também serão imunizados, em seus locais de trabalho. Londrina conta com cerca de 60 mil idosos, que são aqueles com 60 anos ou mais. O objetivo do município é vacinar 100% deste público-alvo.

Outros públicos - A segunda etapa da campanha de vacinação contra o vírus da gripe inicia em 16 de abril e será voltada aos professores da rede pública e particular, profissionais das forças de segurança e resgate, e pacientes com doenças crônicas (diabetes, asma, hipertensão, transplantados, fibrose cística, entre outras).

De 9 de maio a 22 de maio, as doses serão fornecidas também para as crianças, de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, mulheres no pós-parto (puérperas), servidores das unidades prisionais, população indígena, e adultos com idade de 55 a 59 anos.

Sobre a vacina

A Vacina Influenza Trivalente não protege contra o coronavírus, mas é uma maneira de proteger os mais vulneráveis contra doenças respiratórias, que podem favorecer o aparecimento de outras infecções. Ela protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no Hemisfério Sul, incluindo o H1N1.

Conteúdo relacionado: