Saúde prevê maior epidemia de dengue da história de Londrina

por Vitor Ogawa - Grupo Folha
   

Londrina está próxima de viver uma epidemia explosiva de dengue nos próximos dias. O município contabiliza, nestas três primeiras semanas de janeiro, 533 casos suspeitos da doença, com seis casos positivos registrados e duas suspeitas de morte.

Venilton Küchler/Sesa

No caso das mortes são duas mulheres, uma de 29 anos e uma com mais de 60 anos. No ano passado foram registrados oito casos de óbito entre os 288 ocorrências confirmadas de 3.300 casos suspeitos.

A diretora de Vigilância em Saúde de Londrina, Sônia Fernandes, destaca que é a pior crise da história do município, já que nos outros anos havia a aplicação de um inibidor do mosquito Aedes aegypti adulto (popularmente conhecido como fumacê) e também de larvicidas.

LEIA MAIS:

"Eu nunca vivi uma crise dessas em todos os meus anos de atividade no município”, diz Sônia Fernandes

Conteúdo relacionado: