80% das pessoas com mais de 50 anos consomem complemento alimentar

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

Mais da metade dos brasileiros com mais de 50 anos reconhece que se alimenta de maneira inadequada. Segundo pesquisa recente encomendada pela Mead Johnson Nutrition no Brasil, mesmo realizando as três principais refeições diárias, 65% dos entrevistados confessam que sua nutrição não supre suas necessidades.

Cansaço e falta de energia foram determinados como as principais consequências da má alimentação em 89% dos casos. Outros 34% apontaram irritabilidade e falta de concentração como as consequências de uma alimentação ruim.

Para Jéssica Amorim, gerente de Sustagen Nutrição e Energia, essa dificuldade em ter uma nutrição de qualidade está associada, principalmente, à falta de tempo. "Adultos se preocupam, sim, com a alimentação. Mas, infelizmente, a rotina agitada muitas vezes não permite que tenham uma alimentação mais rica em vitaminas e minerais. É aí que entram os complementos alimentares desenvolvidos especificamente para este público".