Dieta low carb pode ajudar pacientes com diabetes, afirma estudo

por Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
   

O diabetes é uma doença causada pela pouca produção ou má absorção da insulina no corpo. Sem o tratamento correto, a doença causa o aumento da glicemia, que em altas taxas pode levar a complicações no coração, nas artérias, nos olhos, rins e nervos. Em casos mais graves, o diabetes pode levar à morte.

Reprodução/Pixabay

Grande parte do tratamento para quem tem diabetes está relacionada à alimentação. Tomar cuidado com os níveis de glicose no sangue pode prevenir que complicações relacionadas à doença se manifestem. Apesar disso, a recomendação feita é de que 60% da dieta diária de alguém com diabetes seja composta de carboidratos, o que parece equivocado, principalmente quando se trata de carboidratos simples.

A maioria dos carboidratos simples levanta rapidamente a taxa de glicose no organismo, o que pode ser prejudicial para quem tem a doença.

Os pesquisadores já têm se alertado acerca dessa relação. De acordo com uma pesquisa divulgada na revista científica Pediatrics, pode ser positivo reduzir a quantidade de carboidratos no cardápio e aumentar o número de alimentos ricos em proteína, especialmente para portadores do diabetes tipo 1. O estudo analisou 316 pessoas, incluindo crianças e adultos, portadoras do tipo 1 e foi constatado que uma dieta com menor ingestão de carboidratos permitiu maior controle de açúcar no sangue.

Apesar do resultado, os pesquisadores afirmam que ainda há a necessidade de realizar mais estudos sobre o tema.

Um outro estudo feito por pesquisadores da Faculdade de Ciências da Saúde, da Universidade de Linköping, na Suécia, também chegou a um resultado favorável em relação à diminuição de carboidratos. De acordo com eles, uma dieta low carb pode ajudar a diminuir a inflamação de baixo grau, presente no diabetes tipo 2.

Como o diabetes é classificado?

O diabetes é classificado de duas formas. No tipo 1, a doença se apresenta de forma crônica e autoimune, havendo necessidade de reposição diária de insulina. Esse tipo pode se manifestar na infância ou adolescência.

Já no tipo 2 o corpo não aproveita a insulina produzida de maneira suficiente a regular os níveis de açúcar no sangue, sendo a reposição de insulina necessária em alguns casos.

Em ambos os tipos, ela está associada a histórico familiar e hábitos de saúde, como alimentação e exercícios. A manutenção de bons hábitos é, inclusive, uma das principais formas de prevenir o aparecimento do diabetes, uma vez que ainda não se sabe a causa exata de seu aparecimento.

As receitas low carb voltadas para quem tem diabetes incluem muitos vegetais e legumes, assim como peixes e leite desnatado. Apesar de serem consideradas carboidratos simples, as frutas também devem estar incluídas no cardápio, por ser uma boa fonte de fibras e outros nutrientes. Opte pelas frutas com baixo índice glicêmico, como maçã e abacate.