Veja o que acontece quando uma grávida come chocolate

Embora não deva ser ingerido em grande quantidade o chocolate traz alguns benefícios

por Redação Bonde
   

Um estudo publicano pela Cleveland Clinic de Ohio nos Estados Unidos, mostra que o chocolate amargo é o melhor, com cerca de 60 a 85% de cacau e menor quantidade de açúcar e gordura. Embora não deva ser ingerido em grande quantidade e de preferência na parte da manhã, ele traz alguns benefícios:

Reprodução

Libera alguns componentes antioxidantes, chamados de flavonoides, conhecidos como catequinas, epicatequinas e procianidinas, estimulando o fluxo de sangue adequado que beneficia a saúde cardíaca.

Possui também uma substância menos invasiva que a cafeína chamada teobromina, que estimula o sistema nervoso central e os músculos cardíacos.

Liberar o hormônio serotonina no cérebro, traz uma sensação de bem-estar e felicidade.

Mas, é sempre bom lembrar que qualquer chocolate em grande quantidade pode causar estragos.

Agora, se faz bem a nós, será que faz bem ao bebê?

Veja o experimento realizado neste vídeo, que faz parte de uma campanha de chocolate. Preste atenção à reação do bebê no útero de cada mãe após ela ingerir chocolate.

Conteúdo relacionado: