A FORÇA EM ALERTA

   

A fórmula consagrada por Duro de Matar, quando bem utilizada, funciona muito bem. Ela consiste em colocar a pessoa certa, no lugar certo, na hora errada. Seja dentro de um edifício, de um aeroporto ou em um navio de guerra, como é o caso neste A Força em Alerta, dirigido em 1992 por Andrew Davis. Outra vez com Steven Seagal à frente do elenco, desta vez tendo Tommy Lee Jones como oponente. Casey Ryback (Seagal) é um super agente a bordo da embarcação, onde está trabalhando como cozinheiro. Um grupo terrorista liderado por William Strannix (Lee Jones) invade a nau de combate para assumir seu controle. Mas não contavam com a reação da cozinha. Andrew Davis já havia demonstrado talento em filmes de ação e A Força em Alerta consolidou seu nome e convenceu o astro Harrison Ford a aceitar o papel de Richard Kimble na adaptação da série O Fugitivo para o cinema, que Davis dirigiu logo após este filme. E se você não é fã de Steven Seagal, releve isso um pouco e confira seu trabalho aqui. Talvez, ou melhor dizendo, com certeza, seu melhor desempenho cinematográfico. Em tempo: três anos depois Seagal reprisaria o papel de Casey Ryback em A Força em Alerta 2, de Geoff Murphy, desta feita dentro de um trem. Porém, a fórmula não funcionou muito bem.

A FORÇA EM ALERTA (Under Siege - EUA 1992). Direção: Andrew Davis. Elenco: Steven Seagal, Tommy Lee Jones, Gary Busey, Patrick O’Neal, Damian Chapa, David McKnight, Raymond Cruz e Erika Eleniak. Duração: 103 minutos. Distribuição: Warner.