PUNHOS DE AÇO: UM LUTADOR DE RUA

   

Dois anos depois de Doido Para Brigar... Louco Para Amar, Clint Eastwood, agora sob a direção de Buddy Van Horn, reprisa o papel de Philo Beddoe, outra vez ao lado do impagável orangotango Clyde nesta continuação Punhos de Aço: Um Lutador de Rua. Desta vez, o roteiro de Stanford Sherman, diferente do filme anterior, não leva a história para a estrada. A trama aqui se concentra em uma grande luta organizada por mafiosos entre Philo e Jack Wilson (William Smith). A ação se passa poucos meses depois dos eventos do primeiro filme e Sondra Locke, grande paixão do caminhoneiro lutador, também está de volta no papel da cantora Lynn Halsey-Taylor, assim como seu irmão Orville (Geoffrey Lewis) e a mãe de ambos (Ruth Gordon). O diretor Van Horn não quis reinventar a roda e segue a mesma fórmula do filme original. E tudo funciona muito bem outra vez. Inclusive a participação da gangue de motoqueiros, bem mais engraçada aqui. O faturamento na bilheteria também foi bastante satisfatório. Uma curiosidade: Manis, que interpretou Clyde dois anos antes, cresceu bastante e foi substituído por C.J., um outro orangotango.

PUNHOS DE AÇO: UM LUTADOR DE RUA (Any Which Way You Can - EUA 1980). Direção: Buddy Van Horn. Elenco: Clint Eastwood, Sondra Locke, Geoffrey Lewis, William Smith, Harry Guardino, Michael Cavanaugh, Roy Jenson, Bill McKinney, Dan Vadis e Ruth Gordon. Duração: 116 minutos. Distribuição: Warner.