QUARTETO FANTÁSTICO

   

A rivalidade entre Marvel e DC existe desde o final dos anos 1930, quando ambas nem tinham esses nomes ainda. Mas ela se acirrou a partir de 1960, quando a DC lançou a revista da Liga da Justiça. No ano seguinte, a Marvel dá início a uma grande transformação no seu catálogo de heróis e apresenta sua resposta ao supergrupo da rival. Nasce então o Quarteto Fantástico, criado por Stan Lee e Jack Kirby. Dentro da nova proposta da editora, trata-se, na verdade, de um grupo familiar que, diferente dos outros heróis da época, não escondem suas identidades e até cobram por suas ações. Assim como os X-Men e Demolidor, a equipe composta pelo Senhor Fantástico (Ioan Gruffudd), Mulher Invisível (Jessica Alba), Tocha Humana (Chris Evans) e O Coisa (Michael Chiklis) tinha os direitos cinematográficos sob o poder da Fox, que produziu este Quarteto Fantástico, em 2005, com direção de Tim Story e roteiro de Mark Frost e Michael France. Tudo começa em uma viagem espacial onde os quatro, junto com Victor Von Doom (Julian McMahon), são atingidos por raios cósmicos que transformam suas estruturas moleculares e lhes dão superpoderes. Miller vinha da comédia e imprime aqui uma narrativa carregada de humor que, na maioria das vezes, até funciona bem. Mas o filme carece de um roteiro um pouco melhor e de um ator menos canastrão na papel do vilão. Apesar desses problemas, o filme teve um retorno razoável nas bilheterias e ganhou, dois anos depois, uma continuação.

QUARTETO FANTÁSTICO (Fantastic Four - EUA 2005). Direção: Tim Story. Elenco: Ioan Gruffudd, Jessica Alba, Chris Evans, Michael Chiklis, Julian McMahon, Hamish Linklater, Kerry Washington e Laurie Holden. Duração: 106 minutos. Distribuição: Fox.