Com carreira meteórica, Militão é anunciado pelo Real Madrid

   

De muito criticado no futebol brasileiro a mais nova contratação de um dos maiores clubes do mundo. Éder Militão foi confirmado nesta quinta-feira (14) como reforço do Real Madrid, que pagou 50 milhões de euros (R$ 215 milhões) ao Porto. Militão é o primeiro jogador a desembarcar no clube merengue após o retorno do técnico Zinedine Zidane.

O futebol é rico em transformar a carreira de jogadores em pouco tempo. A ascensão de Militão é meteórica. Há dois anos, nem havia estreado como profissional. Em 14 de março de 2018, atuava contra o CRB pela Copa do Brasil pelo São Paulo.

O Tricolor também se deu bem no negócio. Quando vendeu o jogador ao Porto por sete milhões de euros (R$ 30 milhões), o São Paulo manteve 10% dos direitos econômicos do atleta e ainda vai receber pelo mecanismo de solidariedade da Fifa por ser o clube formador. No total, o Tricolor vai receber R$ 29 milhões.

Aos 21 anos, Militão passou a chamar atenção do Real pelos bons momentos no Porto - foram apenas meses em Portugal, com 34 partidas e três gols - e também pelas recentes convocações para a seleção brasileira.