Indústria promove aumento dos empregos na Região Metropolitana de Londrina

por Mie Francine Chiba - Grupo Folha
   

Após dois meses de queda significativa no nível de emprego, a RML (Região Metropolitana de Londrina) apresentou saldo positivo de 478 postos de trabalho em junho, resultado de 6.517 admissões e 6.039 desligamentos. Os dados são do Acompanhamento e Análise Mensal do Mercado de Trabalho, realizado pelo NuPEA (Núcleo de Pesquisas Econômicas Aplicadas) da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), Campus Londrina, a partir de dados do Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

Gustavo Carneiro/Grupo Folha

A indústria foi o setor que mais contribuiu para o resultado positivo, com saldo de 461 empregos. Em seguida veio o setor de construção, com geração de 142 vagas de trabalho. Das cinco cidades da RML, a cidade de Arapongas teve o melhor desempenho, com saldo positivo de 593 empregos. Londrina teve o pior desempenho, com saldo negativo de 409 postos de trabalho.

Continue lendo esta matéria na Folha de Londrina.

Conteúdo relacionado: