Feijoada Rápida

   

Olá, pessoal!

Tudo bem?

Hoje vamos aproveitar essa época de clima ameno, para falar um pouco sobre feijoada!

Existe uma lenda segundo a qual a feijoada teria nascido no Brasil, entre os escravos. Atualmente se sabe, contudo, que a origem do prato está muito mais próxima da casa grande do que da senzala... A feijoada é descendente direta de pratos europeus que consistem em guisados de carnes com feijão (por lá, branco ou vermelho) ou grão de bico (o cassoulet e o puchero, por exemplo).

Aqui no Brasil, a feijoada geralmente é preparada utilizando-se carnes defumadas e salgadas, e o processo de preparo é um pouco longo.

Para a receita de hoje, nós ficamos com as carnes defumadas, mas dispensamos as salgadas, o que reduz consideravelmente o tempo, e também acaba agradando quem não é muito fã de encontrar couros, pés, orelhas e focinhos no prato!

Você pode fazer essa receita usando a metade da quantidade de carnes, que já vai ficar muito bom, e o feijão vai aparecer mais. Do jeito que está aqui, o destaque é para as próprias carnes!

Vamos lá!

Ingredientes:

1 xícara (chá) de feijão preto

250g de lombinho defumado em cubos

250g de linguicinha defumada em rodelas grossas

250g de paio em rodelas finas

100g de bacon em cubinhos

1 cebola em pétalas

sal temperado

azeite

Modo de Fazer:

Ferva uma caneca de água, e coloque o feijão de molho nessa água, por pelo menos meia hora.

Em uma panela antiaderente, coloque o bacon para refogar. Quando o bacon "suar", junte a linguicinha, o lombinho e o paio, e deixe tudo refogar bem.

Coloque o feijão em uma panela de pressão, com água até dois dedos para cima do próprio feijão (use, preferencialmente, a água em que ele ficou de molho, e complete com mais, se necessário). Tire as carnes da outra panela com uma escumadeira, para escorrer a gordura (essa você pode reservar para refogar a couve que geralmente é servida de acompanhamento) e junte também na pressão. Adicione a cebola em pétalas e um fio de azeite. Deixe para colocar mais sal apenas ao final do cozimento, se necessário (porque as carnes defumadas já têm bastante sal). Tampe a panela de pressão, leve ao fogo alto. Quando pegar pressão, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 45 minutos.

Depois desse tempo, retire a pressão e abra a panela. Corrija o sal, se necessário. Está pronto!

É isso aí, pessoal!

E, apesar de ser feita em tão pouco tempo, essa feijoada também fica deliciosa!

Você pode servi-la acompanhada, simplesmente, de arroz branco e farofa. Uma couve cortada bem fininha e refogada na gordura que as carnes soltaram enquanto refogavam também fica bem interessante. E você ainda pode servir com torresmo e vinagrete. E uma boa caipirinha para acompanhar tudo também não fica nada ruim!

Esperamos que a receita seja apreciada por quem leva uma vida corrida, e também para aqueles que dispensam pés, orelhas e couro na feijoada.

O prato não é lá muito light, mas você pode melhorar um pouco isso se, ao final, deixar o prato esfriar bem, para retirar a gordura que vai talhar em cima, e depois levar novamente ao fogo, para esquentar.

Como sempre, estão todos convidados a participar!

Também ficam todos convidados a curtir nossa fanpage, para ficar sempre a par das receitas inéditas que trazemos para cá, e também de outras receitas, notícias e promoções que compartilhamos apenas por lá mesmo!

Um abração e "inté",

Thiago "Virgulino"