Puchero

   

Olá, pessoal!

Tudo bem?

Nós andamos um pouco sumidos, por conta de uma correria extraordinária, mas esperamos conseguir voltar a atualizar o blog de forma regular, novamente, em breve!

Mas vamos que vamos!

A receita de hoje é especial!

O puchero é um cozido de origem espanhola, que acabou se espalhando também por diversos países da América Latina.

A origem é controvertida, e há um sem número de receitas consideravelmente diferentes entre si.

O certo é que os pucheros mais tradicionais são feitos a base de grão-de-bico. Eu, particularmente, gosto de pensar no prato como uma "feijoada à espanhola".

Como de costume, nós procuramos simplificar naquilo que foi possível, sem grandes sacrifícios do resultado final.

Vamos lá!

Ingredientes:

250g de grão de bico

1 cebola grande em cubinhos

2 dentes de alho fatiados

350g de lombo ou pernil em cubos

100g de bacon picado

1 paio em rodelas finas

2 linguicinhas calabresas em rodelas grossas

2 tomates picados grosseiramente

2 cenouras picadas grosseiramente

2 batatas picadas grosseiramente

1 tablete de caldo de carne

5 folhas de repolho rasgadas grosseiramente

pimenta calabresa

cheiro verde

azeite

sal temperado

Modo de Fazer:

Deixe o grão de bico de molho em bastante água, de um dia para o outro. Leve, junto com a água do molho, à panela de pressão. Quando pegar pressão, abaixe o fogo e conte 15 minutos. Tire da panela de pressão e reserve (tanto o grão de bico, quanto a água, separados).

Na panela de pressão, aqueça um fio de azeite, derreta o bacon e refogue a carne de porco. Quando a carne estiver selada, adicione a cebola, o alho, o paio e a linguicinha e deixe refogar. Quando tudo estiver dourado, adicione o tomate, a água reservada do cozimento do grão de bico, o tablete de caldo de carne e tampe a panela. Quando pegar pressão, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 30 minutos.

Retire a pressão da panela, adicione a cenoura e a batata (e mais água, se for necessário); leve novamente ao fogo, quando pegar pressão, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 10 minutos.

Tire tudo da pressão, leve a uma panela grande, junto com o grão de bico pré cozido e o repolho, e deixe cozinhar por mais 20 minutos, até engrossar o caldo (se for necessário, pode adicionar duas colheres de amido de milho dissolvidas em um pouco de água, para ajudar a engrossar). Acerte o sal. Junte cheiro verde picadinho.

Está pronto!

E fica realmente delicioso, pessoal!

Eu conheci esse prato em casa, mesmo. Já é tradicional, na comemoração do aniversário do meu pai. Reencontrei o prato aqui em Londrina, mas em uma versão que é feita a base de feijão branco (e que, para falar a verdade, a mim sempre pareceu mais uma espécie de cassoulet do que de puchero propriamente dito).

A receita vai muito bem acompanhada de um bom vinho tinto, preferencialmente encorpado (e há alguns exemplares espanhóis, de preço razoável, que desempenham muito bem essa função).

É isso aí!

Para ver outras receitas e resenhas, dê uma olhada no nosso índice, e também curta nossa fanpage para ficar sempre a par das novidades que trazemos para cá, e de outras notícias que compartilhamos apenas por lá mesmo!

Um abração e "inté",

Thiago "Virgulino"