Restaurante Jiquitaia (São Paulo-SP)

   

Olá, pessoal!

Tudo bem?

Para retornar à atividade, depois da Páscoa, nós trazemos para o blog uma resenha (elaborada pela Paula) sobre um restaurante interessantíssimo de São Paulo, o Jiquitaia.

O detalhe interessante - e que mais do que justifica o fato de um restaurante paulistano vir parar aqui - é o fato de o estabelecimento foi aberto e é tocado por um paranaense, o Marcelo Corrêa Bastos, que também é graduado em Direito pela Universidade Estadual de Londrina.

O Jiquitaia tem ganhado destaque no cenário paulistano, e o seu diferencial é trabalhar de forma criativa ingredientes tradicionais da gastronomia brasileira.

Vamos à resenha, nas palavras da Paula:

Já não era sem tempo que eu fosse conhecer o Restaurante Jiquitaia.

Estava com vontade desde que soube que o Marcelo Corrêa Bastos, que é de Londrina e se formou comigo em direito na UEL, abriu o mesmo aqui em São Paulo em parceria com a sua irmã.

Desde que iniciou como chef, o Marcelo e também o restaurante estão sempre sendo premiados (veja dois links abaixo):

http://vejasp.abril.com.br/estabelecimento/jiquitaia

http://guia.folha.uol.com.br/restaurantes/2014/12/1566520-melhores-do-ano-ivan-ralston-foi-eleito-chef-do-ano-pelo-juri-do-guia.shtml

E a última deles foi entrar para o Guia Michelin, um dos mais conhecidos do mundo, como restaurante indicado.

http://www.revistamenu.com.br/2015/03/20/lista-de-restaurantes-do-guia-michelin-rio-e-sao-paulo-2015-e-revelada/

Na noite do último sábado eu e a Helena (que também formou com a gente) fomos conhecer o Jiquitaia e fomos muito bem recebidas pelo próprio Marcelo.

De cara já chama atenção o menu, impresso em folhas de sulfite e que vem à mesa em uma pranchetinha. O motivo: o cardápio varia à cada dia! O restaurante possui toda um pegada de brasilidade no cardápio, muito elaborado e também no ambiente, que é bem aconchegante. Você pode optar por escolher alguma das opções de prato ou pegar já (como a gente fez) o menu completo de entrada, prato principal e sobremesa, por R$ 65,00 no jantar.

As minhas escolhas foram linguiça artesanal picante com salada de batata, arroz de pato no tucupi e magret e para encerrar goiabada com creme de queijo.

A Helena foi de salada verde, nhoque de mandioquinha, creme de queijo do reino e cogumelos, com sobremesa pavê de doce de leite (deste último foi tanta a empolgação, que faltou a foto!)

O restaurante fica no bairro Consolação, na Rua Antônio Carlos, 268 e está aberto segunda só no almoço e de terça a sábado no almoço e no jantar. Não abre no domingo. O telefone, para reservas e outras informações, é (11) 3262-2366.

É isso aí, pessoal!

A dica de hoje é muito interessante, inclusive para quem passar por São Paulo poder prestigiar os paranaenses que têm tido o trabalho reconhecido e estão fazendo o maior sucesso por lá.

Como sempre, estão todos convidados a participar.

Também fica o convite para que curtam nossa fanpage, para ficar sempre a par das novidades que trazemos para cá, e de outras notícias e promoções que compartilhamos apenas por lá.

Um abração e "inté",

Thiago "Virgulino"