Torta de Amora

   

Olá, pessoal!

Tudo bem?

Quanto tempo, né?

Nós estamos com um sem número de projetos profissionais rolando ao mesmo tempo, e isso tem limitado um pouco as possibilidades de vir para o blog!

De qualquer forma, sempre que conseguimos uma brecha fugimos para cá!

A receita de hoje é uma colaboração do ex-aluno e amigo Lucian, que ensina como preparar uma deliciosa torta de amora!

A maior parte das espécies de amoreiras é originária da Ásia - e, tanto lá quanto aqui, muitas vezes são cultivadas como alimento do bicho da seda!

Há também espécies de amoreiras nativas da Europa, da América e da África, sempre provenientes de áreas temperadas e subtropicais.

Os frutos, ricos em Vitamina C, geralmente aparecem no início da primavera.

Assim, corra para aproveitar a época!

Vamos lá!

Ingredientes:

Massa

1 xícara de farinha de trigo

1 gema batida

100g de manteiga sem sal

2 colheres (sopa) de açúcar

1 colher (sopa) de fermento em pó

Creme

300g de amoras frescas

1 lata de leite condensado

1 lata de creme de leite

1 gelatina incolor (ou de amora)

Cobertura

200g de amoras frescas (separe algumas para decorar)

3 colheres (sopa) de açúcar

Modo de Fazer:

Massa: misture numa vasilha a farinha, a manteiga, o açúcar e a gema, até a massa descansar na geladeira por aproximadamente 10 minutos, depois forre a assadeira com a massa e leve para assar em forno médio entre 7 e 10 minutos, ou até as bordas da massa ficarem douradas.

Creme: num liquidificador, misture o leite condensado, o creme de leite e as amoras, bata até ficar homogêneo, em seguida hidrate a gelatina num pouco de água e bata junto com a mistura, depois é só despejar o creme na massa e levar para geladeira entre 20 e 30 minutos.

Cobertura: bata as amoras no liquidificador até ficar uma mistura bem homogênea, em seguida leve ao fogo junto com as três colheres de açúcar e cozinhe até que a mistura fique com um brilho meio espelhado, depois é só despejar a cobertura por cima do creme já gelado e decorar com algumas amoras.

É isso aí, pessoal!

O Lucian lembra que se você perder a época das amoras, também pode adaptar a receita para fazer com morangos, por exemplo!

Bacana, né?

Como sempre, estejam todos convidados a participar!

Hoje, fica registrado o agradecimento sincero ao Lucian por ter novamente aceito o convite para nos brindar com uma receita sua!

Para ver outras receitas e resenhas, dê uma olhada no nosso índice, e também curta nossa fanpage para ficar sempre a par das novidades que trazemos para cá, além de outras notícias e curiosidades que compartilhamos apenas por lá mesmo.

Um abração e "inté",

Thiago "Virgulino"