Definições da J. League 2014

   

Faltando apenas uma rodada para o término da J. League, apenas três equipes estão no páreo para levar o troféu. Gamba Osaka e Urawa Reds, ambos com 62 pontos e Kashima Antlers com 60 pontos são os times que decidirão quem será o campeão na última rodada.

Em tese a maior chance é para o Gamba Osaka que terá como adversário o último colocado Tokushima Vorts, já rebaixado para a segunda divisão. Urawa Reds do grupo Mitsubishi joga contra o Nagoya Grampus da Toyota. Já o Kashima Antlers do treinador Toninho Cerezzo tem a parada mais dura, joga contra o Sagan Tosu que está na parte alta da tabela com 57 pontos, mas sem chances de disputar o título.

Já caiu o Tokushima Vorts que em trinta e duas rodadas venceu apenas 3 jogos e o Cerezzo Osaka do uruguaio Diego Forlan e do brasileiro Cacau, que venceu sete jogos. Essas duas equipes disputarão a J.Two o ano que vem. No próximo sábado ficaremos sabendo quem é o outro time que cai para a segundona. A disputa entra entre o Omiya Ardija e o Shimizu S-Pulse com 32 e 35 pontos respectivamente.

Independente de quem será o campeão, o destaque para este ano foi o Gamba Osaka que voltou para a J.One este ano, estava em décimo sexto lugar antes da Copa no Brasil, recuperou de maneira impressionante vencendo a Copa Yamazaki-Nabisco, está na final da Copa do Imperador juntamente com o Montedio Yamagata e em primeiro lugar na J.One. Para um time que estava na segunda divisão no ano passado, foi um pulo e tanto.

De um modo geral o nível técnico da J. League continua baixo, e os seus jogos parecem muito com partidas escolares, com um monte de gente correndo sem pensar e analisar o jogo. Mas como sou do bem e otimista, sei que um dia tudo isso vai mudar para melhor.

Kashima Antlers rebaixando o Cerezzo Osaka